en-USpt-PT

Artigos/ Newsletters

Artigos/ Newsletters

Nesta secção irá encontrar todas as newsletters que vão saindo para os nossos subscritores. A KAMAE tem por objectivos dar conhecimento que aumente a cultura empresarial da área e produtividade. Esperamos estar à altura das vossas expectativas! Se quiser sugerir temas para nós abordarmos, contacte-nos.


KAMAE
KAMAE

Ricardo Teixeira

Custo/hora é vital?

Custo/hora é vital?

Hoje revisito um tema sobre o qual já me debrucei em várias newsletters. Não me canso de bater nesta tecla, pois quantos mais advogados e escritórios conheço, mais vezes esta questão me aparece.

Em todas as palestras que realizei o ano passado, às quais, no total, assistiram centenas de advogados de mais de 50 nacionalidades, fiz sempre uma pergunta: "Quem é que não sabe o valor/hora de custo médio de escritório?”. Quase sempre pelo menos 90% das pessoas levantavam a mão afirmando que não sabiam o seu valor/ h de custo. Os outros 10% não sei se de facto sabiam ou se tiveram vergonha de levantar o braço… É este o panorama que os que leem estas newsletters têm de mudar. Têm de passar a estar no grupo dos advogados que sabem o seu valor/h custo, como eu costumo chamar a este grupo de Advogados de Elite.

Ainda a este propósito, conto-vos uma pequena história que se passou no último congresso da UIA. 

Num almoço com vários advogados de vários países, onde quase todos pensavam que eu era nórdico por causa do meu aspecto, uma advogada, partner de uma sociedade de advogados alemã muito conceituada, estava a falar de gestão e referia-me a complexidade dos orçamentos que fazia para os clientes (o que é uma tendência cada vez maior, principalmente para clientes empresariais). A advogada continuou a dizer tudo o que a sociedade fazia, e vendeu a imagem do seu escritório de uma forma um pouco altiva. Eu, calmamente, perguntei-lhe se, já que fazia orçamentos, sabia qual era o seu valor/ h de custo. Ela calou-me e despachou-me dizendo que isso era com a área financeira, que ela não precisava de saber… Como??? Então ela faz orçamentos e não sabe os custos? Como é que se pode fazer um orçamento e calcular o lucro (aquilo que sobra quando tiramos os custos  ) sem saber qual é o custo efectivo? 

A titulo de curiosidades, decidi perguntar-lhe depois de ter referido que era português e ela ter-me dito que nunca contrataria portugueses o que me deixou com necessidade de lhe mostrar que a competência não se mede pelas nacionalidades.

O que aqui interessa é perceberem que é crucial saber o valor/h custo. Os orçamentos têm que estar baseados no número de horas que previsivelmente vai despender, que multiplicado pelo valor/ h de custo dará o custo acima do qual estará o lucro. Não se esqueça que quando falamos em valor/ h de custo médio do escritório, este já tem incluídas todas as despesas de expediente, recursos humanos, etc.!

Lembre-se que: “Os elefantes demoram a adaptar-se, já as baratas sobrevivem em qualquer ambiente.” (Peter Drucker)

Se acha este tema interessante e pretende aprender mais sobre estas temáticas clique aqui para ter acesso a um conjunto de vídeos de treino para o ajudar a melhorar as suas qualidades de gestão!

Se pretende melhorar a gestão do seu escritório e precisa do parceiro certo para lhe fornecer ferramentas que vão de encontro então clique aqui.

Ricardo Teixeira
CEO

Comentário (0)



Os comentários estão fechados
Junta-te à nossa lista VIP para receberes conteúdos exclusivos!


Tags

linguagem 1ª Parte 1º Erro 20% 80% 2013 2014 2015 2016 2ª Parte actividade Juridica actividade jurídica Actos Notariais Adiantamentos Advocacia Advogado Advogados Agenda Agosto ajuda Ano difícil Apple arquivo arte atrair atrair novos clientes aumentar aumentar receitas Avaliação avaliar Avenças caixas pretas Capacidade Captar Clientes Casos Certificação Chefias Chicote ciência clientes cloud Coaching cobram Cobranças cobrar conhecimento Consultoria Contas bancárias crescer cultura custo D.U.M.B. Decisão decisões Despesas dia-a-dia Diagnóstico difusas disciplina eficazes electrónica e-mail equipa Equipas Erros Erros de Gestão Escolha escritório Escritórios ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS Estagiários estudo execução Factos Facturação facturar Falha Falhas Falta Falta de Investimento famosas Faturação Férias Férias Judiciais Ferramentas follow-up formação gestão Gestão de Tempo Gestão Jurídicas GOALS Grande Sociedade Honorários Ideias importância importantes indicadores Ineficazes informação Informalidade interrupções Investimentos IT jurídico Juristas Lenta Liderança Liderar advogados Ligação Crítica liguagem Linguagem mais inspirador marcados marketing Marketing Publicacional medir melhorar método Métricas Moda mudanças mundo DIGITAL Musashi Must necessária Networking Novas Regras novos clientes O ANO! Objectivos on-line Organização outro nível papel Parceiros pareto Parte II Parte III participação Património peças perdem clientes peso prática isolada prazos judiciais princípios fundamentais problema problemas Procedimentos Procedimentos formalizados processuais produtividade propostas prospectos Provisões Qualidade Recebeu Recebeu recado Receitas Registo registo de tempos Relacionamento Resistência Rotatividade Segurança segurança absoluta seguras sem apoio Seminário SEMINÁRIO ON-LINE sete princípios Sindromes Sistema Sistemas de Informação Site Sites Sociedade Sociedades sócios Solicitadores Soluções Sun Tzu Tempo tempo e horas Tempos tempos facturados tempos produzidos Tendências Time-sheet Top 10 de Erros TOP 10 DOS ERROS trabalho trabalho efectuado Valor/ h Valor/hora vencer visitas